terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Tem pedra seca banhada por rio Itapetininga

O rio que deu nome a cidade ou a cidade que deu nome ao rio? Seja como for, o rio e a cidade caminham juntos em Itapetininga, assim como em muitos outros municípios. Outro detalhe comum é a origem tupi guarani dos nomes das cidades. No caso de Itapetininga, há 3 versões, mas todas relacionadas a pedra seca.

Tropeiros, bandeirantes e imigrantes estão presentes na história de Itapetininga que de Arraial transformou-se em cidade e segue sua transformação ao longo dos tempos. Aliás, o tempo não para e é preciso evoluir e nada como crescer investindo em educação e valorização do patrimônio que pulsa na vida das cidades. Pesquisando sobre a cidade li uma notícia sobre um projeto que chamou minha atenção: "Projeto Identidade e Cidadania: Eu e meu Bairro".

É muito semelhante com uma atividade que desenvolvi em um projeto de educação ambiental aqui em Osasco e os resultados são muito favoráveis e criam um laço de conhecimento e valorização do lugar, além de render muitas e interessantes descobertas e propostas de melhoria para os bairros. Espero que o projeto de Itapetininga tenha continuidade como indica a matéria no site da Prefeitura.

E por falar em identidade, todo município tem seus símbolos. Geralmente a bandeira e o brasão são dois que figuram nessa simbologia, mas nem sempre são os mais conhecidos. O hino também é importante e penso que os munícipes deveriam conhecer melhor os símbolos de sua cidade. No caso de Itapetininga a bandeira tem 4 cores, o verde e branco representando a união e o branco e preto faz referência ao grandioso Estado de São Paulo. Tem também 6 estrelas indicando os 6 distritos e o brasão no canto em formato português e dividido em 4 campos, cada um com seu significado.

E na cidade tem pólo moveleiro e tem também outras indústrias atraídas pelos incentivos fiscais. Tem também Expo-Agro, Festa da Cerejeira e outros eventos que movimentam o calendário de Itapetininga.
Crédito imagem: Site oficial Prefeitura Itapetininga. Acesse também o Portal Itapê e conheça mais sobre a cidade

sábado, 12 de dezembro de 2009

Tem Saci e belezas na princesa cuesta Botucatu

A cidade faz parte do pólo chamado cuesta que reúne 10 municípios paulistas. Cuesta? Fiquei curiosa para descobrir o significado. De acordo com a Wikipédia, cuesta é uma forma de relevo assimétrico. As imagens da região revelam essa característica que forma uma paisagem diferenciada. Em Botucatu há muitos cenários para visitar e dizem que o Saci é morador de lá.

Tem mirantes, trilhas, parques, cachoeiras, rios, complexo turístico Véu de Noiva, frutas, produtos orgânicos, sítios e atividades pela cidade. Tem um Morro do Perú e imagino que esse nome tem a ver com a ligação até a Terra dos Incas que dizem tem passagem por lá. Vou pesquisar mais sobre o "caminho do Peabiru". Realmente há muitas histórias registradas nas estradas paulistas.

A "princesa da serra" já recebeu tropeiros, jesuítas, condes e assim foi seguindo seus passos como Freguesia, Vila e depois Município. Seu nome de origem tupi mostra que os índios também são personagens dessas terras. Botucatu vem de Ybytu katu que quer dizer "bons ares". E o ar de lá conta com muito verde e água. Um encanto para quem passa deixando sempre vontade de retornar.

Quem tiver oportunidade de ir nesse período natalino poderá conferir do Festival Reluz que irá iluminar e movimentar a vida da cidade. É uma boa pedida fugir do agito das compras para visitar as riquezas do interior paulista realçadas pelas luzes do Natal.

Um diferencial de Botucatu é o investimento em produtos orgânicos. Tem até Escola de Meio Ambiente na cidade e certamente os frutos deste trabalho serão produtivos e sustentáveis. Todo sábado tem feira dos orgânicos no Espaço Cultural e outra opção para quem tem interesse em conhecer atividades saudáveis é o Passeio Biodinâmico na Chácara Somé.

Como se vê, Botucatu tem mesmo motivo para o esperto Saci ficar por lá brincando nas suas terras e deixando suas pegadas na lenda e história da cidade.Crédito imagem: Galeria de imagens do Portal Pólo Cuesta

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Próximas cidades


Tem uma lista extensa de cidades para pesquisar, ver dicas e escrever sobre os atrativos turbinados desses lugares. Reunirei nessa sequência o nome de seis cidades do interior paulista. E como é turbinado esse movimento capital-interior e interior-capital no estado de São Paulo. O turismo de compras é um dos exemplos desse ciclo crescente, além de outras atividades que interligam os municípios.

Os próximos post serão sobre Botucatu. Recebi aqui um cliente da cidade que me disse que lá é a Terra do Saci. Isso me fez pensar nas muitas lendas existentes pelas regiões brasileiras. Em Itapetininga tem festa da cerejeira. Rio Claro é destaque da região Noroeste paulista. E completam a lista 3 Ps: Tem o rio e Arrancada em Piracibaba, tranqüilidade em Palmital e artesanato em Pedreira. E claro, tem muito mais.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

No caminho das águas de Ananindeua

A cidade é cercada por ilhas e pelo Rio Maguari. Está localizada no território conhecido como "Grande Belém". E grandeza é mesmo uma característica dos lugares amazônicos. E como muitas cidades do Brasil uma estrada de ferro fez surgir Ananindeua, cujo nome homenageia uma árvore típica da região, a Anani.

Entre águas e igarapés Ananindeua segue registrando sua história na composição da história paraense tão ligada as riquezas da floresta, aos traços indígenas que vão se misturando a de outros povos que chegaram para viver por lá.

E ao visitante que embarca e desembarca nas águas ou no solo, Ananindeua se apresenta como uma cidade com muitos atrativos: eventos que movimentam a região, a beleza dos recursos naturais e posso apostar que tem muito mais para descobrir...

...A cidade tem seu ritmo, seus patrimônios, a festa da fé do Círio de Nossa Senhora das Graças, tem o Giro Cultural, tem dança, música, carnaval e forró, têm as delícias gastronômicas que são tão singulares e retratam a diversidade do Pará em forma de sabores que encantam...

...E tem o rio, tão presente na vida do paraense, personagem de Ananindeua e de muitas paraenses que seguem o caminho das águas.

Marcos Turbo indica na cidade: Vieira Turbo (91) 3235-9250
Crédito da imagem: Salvador Scofano - banco de imagens Paratur

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Uma conquista que é vitória contínua

No sudoeste da Bahia, no território conhecido como "sertão da ressaca", nasceu um Arraial chamado Conquista que cresceu e tornou-se uma importante cidade da região. Ao nome Conquista foi incorporado o Vitória. Uma soma que potencializa o sentido dos dois nomes Vitória da Conquista.

E toda conquista registrada ao longo do tempo é uma vitória para o desenvolvimento da cidade. Uma delas é a universidade estadual UESB que tem colaborado para ampliação da educação e pesquisa, dois fatores ue promovem melhoria para a economia do município, das cidades próximas e de toda região.

A herança indígena está presente na cidade. A colonização não aconteceu de forma pacífica. Como em muitos outros locais do país, os colonizadores, ou bandeirantes como são conhecidos, tentaram escravizar ou expulsar os índios da região e lutas foram travadas para a conquista do território. Muitos confrontos aconteceram até a vitória dos colonizadores que deixou marcas na história que vem sendo contada pelas gerações que continuam a escrever os capítulos da história do município.

A pecuária e a agricultura ainda são fortes na economia, no entanto, outras atividades estão se solidificando e tornando o município um pólo de comércio e serviço regional. A cidade já conta com uma diversidade de produtos como os alimentos e bebidas. Lá se produz grãos como o café, frutos como a banana e tem espaço também para as flores.

Da semente ao fruto na vegetação que é também diversificada. Isso mesmo. A biodiversidade encontrada no sertão é marcante na região: caatinga, campos gerais, mata de cipó, mata-de-larga, mata fria e mata fluvial úmida. Se passar por lá não deixe de conhecer a Serra do Periperi onde fica o Poço Escuro, uma dos atrativos de Vitória da Conquista.

Aproveite e visite também os Monumentos que homenageiam os índios, os bandeirantes, os imigrantes. Tem o casario antigo que é um exemplar histórico e cultural, o Museu Regional, os teatros e uma agenda cultural com muitos eventos que reúnem os conquistenses e as pessoas que passam pelo lugar para realizar negócios, passear, visitar amigos...

E para saber o anda rolando na cidade, acompanhe as notícias no Twitter. É a evolução turbinada da web conectando pessoas, empresas, cidades e diferentes regiões.

Que as vitórias conquistadas por Vitória da Conquista sejam constantes na vida da cidade.

Marcos Turbo indica na cidade: peças e serviços automotivos é com a Alex Auto Peças no (77) 3421-4854
Crédito da imagem no link da foto: Site oficial Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista-BA

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Castelo entre montanhas

O título faz referência a uma cidade do sul do Espírito Santo, um estado que ouço falar pouco, mas que sei reserva muitas belezas e riquezas. E é realmente incrível o potencial turístico do Brasil e também impressionante o quando desconhecemos nosso território. Essa experiência do Blog me faz viajar virtualmente por diferentes destinos para trilhar, voar, contemplar, aprender e enriquecer minha bagagem e vontade de pegar a estrada.

E quem sabe a próxima estrada me conduza ao ES para conhecer esse estado da famosa moqueca e cidades graciosas como Castelo emoldurada por serras, picos e montanhas. Um cenário ideal para a prática de vôo livre que colorem o céu da cidade. As rampas têm nomes interessantes e com seus significados: Ubá, Chapéu e Apeninos.


E por falar em significado, a origem do nome Castelo faz referência as muralhas e montanha que lembra a característica de um castelo. Sobre a fundação da cidade há controvérsias, uns atribuem aos padres jesuítas, outros aos bandeirantes. Seja como for, ela nasceu, cresceu e está construindo sua história.

E nesse Castelo natural entre montanhas você pode visitar as fazendas, cachoeiras, gruta, Santuário de Aracuí ou programar-se para ir aos eventos que movimentam a cidade como o tradicional Corpus Christi. Por lá tem também o Museu da Cachaça que foi recentemente inaugurado e é "o primeiro do estado".

Posso apostar que o Espírito Santo tem outros belos castelos cercados por atrativos naturais, históricos e culturais.
O link na foto acima indica o crédito imagem: Um site com dicas e informações sobre a cidade. Acesse e "Descubra Castelo".

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

O rio, a cidade e a história de Passo Fundo

O rio e a cidade tem ligações profundas.São muitas as cidades que nasceram às margens do rio e ali fincaram suas raízes. Passo Fundo é assim. Do nome tupi-guarani "Goio-en", que significa muita água e rio fundo, nasceu a vila que seguiu seu curso para se tornar uma das 10 maiores cidades rio-grandense.

Terra de passagem dos tropeiros, lugar de Missões, palco de Batalha e de cavaleiros do Mercosul, Passo Fundo tem história para contar. Ela está expressa nos seus monumentos, nas entidades tradicionalistas, nas ruas, na arte dos museus e nas conversas na Praça com a gente hospitaleira da cidade.

Quem estiver de passagem por lá, não pode deixar de visitar o Mirante da Gare no entardecer. Reserve uns minutos para contemplar o pôr do sol. Conheça também o Chafariz da "Mãe Preta" que homenageia a lenda de mesmo nome. Visite também as igrejas, os museus, as praças e vá descobrindo que em cada canto você pode encontrar detalhes que somados formam o cenário da cidade.


Por lá tem também um parque chamado Roselândia que tem kartódromo, sedia o Rodeio, tem cachoeira é um centro de lazer e eventos. E por falar em movimento, Passo Fundo respira cultura nos eventos internacionais e nacionais como o Festival do Folclore, Jornada de Literatura, Feira do Livro. E que a leitura seja cada vez mais presente na vida do cidadão rio-grandense que, pelo que ouço falar, preza muito suas tradições.

E a cidade que fica mais próximo do Uruguai do que de São Paulo ganhou do governador da capital paulista um dos símbolos de Passo Fundo: a Cuia. E ela lembra chimarrão, mate e roda de amigos...


...roda que lembra círculo, que gira e gira pelo ciclo das águas do "rio fundo" com passos profundos das muitas pessoas que são a vida pulsante das cidades. Da vida que mescla passado e presente na construção do futuro de Passo Fundo e tantas outras cidades turibinadas. Crédito imagem: Site Prefeitura Municipal de Passo Fundo

Marcos Turbo indica na cidade:
Possa Auto Serviço Automotivos - Fone (54) 3317-1125.
Procure Sandra ou Kiko e terá um atendimento excelente.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Balneário Camboriú- um dos santuários SC

Já ouvir falar do famoso balneário e pelo que ouvi dizer quem pegar a rota do Atlântico Sul vai descobrir uma cidade que tem uma orla marítima formada por lindas paisagens. Um dos destinos turísticos do Mercosul, Camboriú é um refúgio de férias de muitos turistas.

Seu nome, como o de muitas cidades litorâneas, tem origem indígena: rio de robalo. É um peixe comum na região e, certamente, um dos muitos pratos da gastronomia de Camboriú que tem um farto cardápio para oferecer aos moradores e visitantes.

Um dos passeios inesquecíveis que muitos destacam é chamado Unipraias. Como o próprio título sugere, é um complexo que interliga belas praias através dos bondinhos aéreos. Cada estação uma aventura e, por falar nela, quem curte natureza vai apreciar os atrativos de lá. E, parece que integração é um nome firme na cidade já que tem uma Rodovia Interpraias e muitas opções de passeios por toda parte do Balneário.

Mas quem não quiser pegar a Rodovia pode deslumbrar-se com um passeio de escuna que percorre praias como Estaleirinho, Laranjeiras, Taquaras. E por lá tem também a Ilha das Cabras, o Morro do Careca utilizado para prática de esportes, tem agito, tem calma, tem eventos e muito mais para conhecer.

E o Balneário tem um símbolo fascinante. É o Cristo que reluz e ilumina a cidade com a fé e as cores do Sol. No estado que tem nome de Santa, muitos santuários podemos encontrar.
Crédito imagem: Site da Secretaria de Turismo. Link na foto. Visite o portal e faça um tour virtual pela "maravilha do Atlântico Sul"

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Feliz, maravilhosa, bela, única: Rio de Janeiro

Visitei o Rio poucas vezes, mas guardo comigo ótimas impressões da cidade. Ontem conversei com um amigo que recentemente foi realizar um curso de especialização de maquiagem na cidade e voltou encantado com a energia da capital carioca. E, de tão apaixonado já está programando outra ida, dessa vez, com um tempo maior para curtir os muitos atrativos da cidade que será mostrado porque quem tem uma relação profunda com o lugar: o morador.

O carioca tem motivos para orgulhar-se da cidade. Foi escolhida para sediar as Olimpíadas de 2016, uma conquista histórica e desafiante e, recentemente, uma pesquisa da revista econômica Forbes divulgou a relação das cidades mais felizes do mundo e a capital carioca liderou o ranking. Cidade mais feliz, só pode ser mesmo como eternizou a música, maravilhosa.

Não a toa é lá que está uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno, o Cristo Redentor que abraça e abençoa a cidade. E o Rio de Janeiro tem muitos atrativos, do "Templo do Futebol Maracanã" a Floresta ao Parque Nacional da Tijuca, há muito por onde circular pela cidade que é um dos destinos turísticos mais visitados no Brasil.

Passear no Bondinho do Pão de Açúcar e deslumbrar-se com a paisagem. Tem também o bondinho de Santa Tereza que guarda surpresas. E perto do Arco da Lapa e em outros pontos da cidade tem os botecos que animam a noite carioca. Opções não faltam na noite nem no dia. Pode ir para Baía de Guanabara, Lagoa Rodrigo de Freitas, curtir as praias de Ipanema, Copacabana e esticar até a Barra.

Os barcos na Marina da Glória e a igreja lá no alto, a caminhada no Jardim Botânico, os livros da Biblioteca Nacional, a arte nos Museus, Centros Culturais e Teatros, a música para ouvir e dançar, os eventos que movimentam a cidade, o maior espetáculo da terra no desfiles da Sapucaí. O mar, o sol, o sorriso, a felicidade, o Rio de Janeiro.

E felicidade turbinada é o que desejo para o Rio de Janeiro e todos os nossos excelentes clientes cariocas.
Foto publicado no Portal Rio Guia Oficial. Acesse o site e faça um passeio virtual pelos belos e múltiplos roteiros da cidade.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Histórica Itanhaém no litoral paulista

Faz tempo que não visito Itanhaém. Sinto saudades de suas praias de areia batida onde minha filha divertiu-se muito na infância. Ponto de encontro da família e amigos, a praia de Cibratel com ruas tranqüilas nos recebeu em muitos finais de semana. Lembro do amanhecer com os pássaros cantando e saudando a manhã.

Tenho minhas histórias por lá. E história é o que não falta nessa cidade do litoral sul paulista que fica entre Mongaguá e Peruíbe. É a segunda cidade mais antiga do país já que sua fundação ocorreu no ano de 1532. Os monumentos, convento, Casa de Câmara, Cadeia e outros atrativos históricos são marcos vivo da história da cidade. Nasceu como vila abençoada pelo nome de Nossa Senhora da Conceição e o convento que fica no Morro do Itaguaçu ainda hoje recebe visitantes guiados pela fé.

Para outros, o guia é a natureza. Quem gosta de belezas naturais encontra a diversidade da flora e fauna da Mata Atlântica com trilhas para percorrer e se encantar com a paisagem. Tem cachoeiras, morros, rios, restinga, ilhas e, claro, as praias. Você pode escolher uma ou todas para conhecer. Tem Praião, Suarão, das Conchas, do Tombo, Gaivota, Cibratel, Pescadores, do Sonho e da Saudade.

E que saudade feliz de Itanhaém. Qualquer dia desses pego a Imigrantes, desço a Serra do Mar, em seguida a Padre Manoel da Nóbrega e desembarco em Itanhaém para visitar nossos clientes da bela cidade do litoral Sul que fica no turbinado Estado de São Paulo.

A foto que ilustra esse post está publicada no Portal Turístico de Itanhaém. O link está na foto. Acesse e conheça as informações da cidade clicando aqui. Faça sempre viagens turbinadas e agregue na sua bagagem conhecimento e excelentes recordações!

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Sedex turbinado interligando cidades

A dinâmica do Blog Cidades Turbinadas está relacionada aos pedidos fechados presencial e virtualmente. O envio das turbinas para os clientes de outras localidades, na sua grande maioria, acontecem via Sedex e semanalmente reunirei o nome das cidades em um post que definirá a sequência das publicações.

Essa semana foi movimentada. As turbinas seguiram para 4 regiões: Sudeste, Sul, Norte e Nordeste. De todas as cidades eu conheço apenas duas, uma cidade do litoral sul paulista chamada Itanhaém e a maravilhosa Rio de Janeiro. As outras foram: Balneário Camboriú-SC, Rio de Janeiro- RJ, Castelo-ES, Ananindeua-PA, Vitória da Conquista-BA e Passo Fundo-RS.

Então vamos embarcar nas pesquisas e dicas para depois desembarcar nas postagens turbinadas.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Pequena grandiosa Ribeirão Pires

Próximo da capital, margeada por águas e mata, a pequena grandiosa Ribeirão Pires está no caminho de quem vai para Paranapiacaba, uma histórica vila inglesa no pé da Serra do Mar. Seguindo pela Anchieta logo você está lá. São apenas 40km de São Paulo. Se, seu destino for seguir adiante para o Parque da Serra do Mar siga pelo Índio-Tibiriça, a SP-31.

Se pretender ficar por Ribeirão Pires, que no início chamava-se Caaguaçu que significa mata grande ou virgem, conheça sítios, chácaras e casas de veraneio localizadas perto do rio. Aliás, a lei de proteção de mananciais é um grande desafio para conservação do equilíbrio ambiental do município que integra o Circuito Turístico Estadual das Águas e Nascentes do Alto Tietê. O rio Tietê recebe as águas da bacia Guaió que fica na região. E que São José, padroeiro da cidade, proteja as nascentes e as águas desse lugar.

E que delícia saber que em Ribeirão tem um Festival do Chocolate e uma Vila do Doce que abriga lojas com deliciosos doces, artesanato e outras atrações. E é mesmo doce pegar a estrada e conhecer cidades próximas da capital que reservam surpresas gastronômicas, naturais, culturais, históricas...

Passear e viajar são oportunidades turbinadas de aprender com as pessoas e os lugares.

E Ribeirão Pires encerra a lista da postagem do Sedex do post publicado em 20/10/2009

Crédito imagem: Site oficial Prefeitura Ribeirão Pires

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Colorida, alegre e múltipla Salvador

O Carnaval é uma das festas populares mais famosas de Salvador e é um dos atrativos da capital baiana. Mas, Salvador é muito mais e tem muito mais atrações que encanta quem mora e quem a visita em todos os dias do ano. Têm praias, história, arquitetura, fortes, gastronomia saborosa, ladeiras, igrejas, diferentes expressões artísticas, uma espiritualidade marcada pelo sincretismo e múltiplos ritmos que embalam um povo alegre e que tem na fé uma fortaleza.

Por lá tem um Elevador iluminado por cores que fascinam os sentidos no entardecer da cidade. Tem sol, brisa e um clima tropical que convida a mergulhar nas águas do Atlântico e na Baía de Todos os Santos. Ilhas, piscinas naturais, arrecifes, mar tranqüilo, mar aberto, muitas praias. E no mar flutua embarcações abençoadas por Iemanjá e o Senhor dos Navegantes. O mar que é palco de procissões que refletem a fé e a crença no divino que protege e ilumina a vida da cidade e das pessoas.

No alto de Salvador o colorido e o som do Pelourinho é um mosaico cultural. E quanta arte há na cidade: música, dança, teatro, literatura, artesanato e muito mais. Argila, tecidos, madeira, adornos e a criatividade como matéria prima principal. Um tesouro inestimável espalhado pelos cantos da cidade e pelo mundo afora.

E os sabores da Bahia, uma tentação! A mistura das origens indígenas, africanas e portuguesas renderam um saboroso cardápio com deliciosos pratos. Caruru, munguzá, óleo de dendê e um tempero especial da culinária regional que, como citou Jorge Amado, "penetra nos sentidos adentro".

E por todos os sentidos penetra também a alegria que é um dos ingredientes de Salvador. E essa sensação contagia a vida com muito mais cor, amor e sorriso. E sorrir é viver!

Marcos Turbo indica em Salvador: BrasTurbinas (71) 3316-3393. Sr. Eloisio e equipe prestam um excelente serviço automotivo e diesel.

Crédito imagem: Site http://www.bahia.com.br/
Siga as notícias de Salvador no Twitter

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

O céu de Brasília fascina

Ela está sempre nos noticiários com notícias das mais diversas fontes e formas. Geralmente é lembrada pelas veias políticas já que lá está concentrada os ministérios, poderes, leis e decisões que interferem em todo país. Mas, sempre que ouço falar de Brasília lembro de um texto que li no Etur que descreve com paixão o céu do entardecer do cerrado que se derrete pela paisagem da capital.

E Brasília pode ser descrita assim, como uma grande mistura nascida de um sonho. Sua história tem muitos capítulos e personagens. Do sonho de um santo aos desenhos de Lucio Costa e Oscar Niemeyer, da ousadia de JK aos estudos multidisciplinares que reuniu astrônomo, geólogo, botânico, arquiteto, engenheiro e outros profissionais na construção do projeto de Brasília, da idéia a ação efetiva que solidificou a capital do Brasil. A conquista do merecido título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade concedido pela Unesco é um retrato das muitas vitórias da capital federal.


E são muitos os títulos que podem ser designados para a cidade das Asas, Setores, da temperatura amena, das duas estações bem definidas, dos Palácios, das Praças, da Esplanada, do Congresso e da Catedral Metropolitana abençoada por Nossa Senhora Aparecida, padroeira do país.

O trânsito de pessoas e sotaques por Brasília é diversificado. Ela é centro, núcleo, jóia do cerrado que conecta os estados do território nacional. Cidade de partidas e chegadas, a capital do Distrito Federal continuará a registrar seu nome na memória do Brasil. E para concluir, a palavra de quem, como muitos, chegou na capital e tornou-se uma brasiliense:

"...No pôr do sol deste planalto central, agradeço pela existência de homens idealistas e até com certos delírios futuristas, por que não? Do contrário, não teríamos um espetáculo tão lindo todas as tardes, nas quais os prédios com desenhos tão inusitados e majestosos, com a assinatura de ninguém menos que Oscar Niemeyer, combinam tão bem com árvores retorcidas típicas deste árido e belo cerrado de Brasília." Mara Valio

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Abraçada por montanhas se apresenta a mineira BH

Já são mais de 2 milhões de habitantes na capital de Minas que segue seu ritmo de expansão. Já ouvi muito falar de Belo Horizonte e é sempre uma alegria realizar vendas pros mineiros. Um dos nossos clientes atua com eventos, um dos segmentos que tem crescido expressivamente evidenciando a evolução do setor de serviços em "Beagá".

A cidade tem uma economia dinâmica com setores diferenciados. Da moda à industria automobilística, os negócios vão movimentando e conectando empresas, produtos, serviços e pessoas. Outro destaque da cidade é a gastronomia e que delícia os sabores da comida mineira. Que o diga o famoso concurso dos petiscos dos botecos.

E na arte é uma festa. Vitrais, museus, conjuntos arquitetônicos, igrejas, centros culturais e festivais locais, nacionais e internacionais que revelam a diversidade da arte no teatro, cinema, arquitetura, artesanato e na criatividade que se desdobra em muitos cenários e expressões artísticas.

E a natureza tem lugar por lá. Pampulha, Praça da Liberdade e muito mais área verde para passear nos parques. Além disso, a capital está próxima da Serra do Cipó. E por falar em proximidade, BH é ponto de partida para os diversos circuitos turísticos mineiros, dentre eles, o das cidades históricas.

A capital BH é uma galeria com múltiplos atrativos, é um destino que convida a seguir pelas estradas de Minas Gerais que revelam, nas muitas cidades, histórias e sabores marcantes.

A foto que ilustra esse post está com o link de sua publicação no site oficial Prefeitura de Belo Horizonte

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Sedex conectando cidades

O Sedex é turbo. Potência e eficiência na entrega das postagens das turbinas e de tantos outros produtos. O Sedex conecta cidades, clientes, fornecedores, negócios e pessoas. É um serviço que utilizamos sempre e, desde que não haja greve, o resultado é satisfatório nas suas diferentes opções SC, SX, SE. Como diz a propaganda “mandou, chegou”.

No dia 19/10 a conexão Sedex foi acionada para 03 capitas e uma cidade da região metropolitana de São Paulo: Belo Horizonte, Brasília, Salvador e Ribeirão Pires. Serão elas os temas das próximas postagens. Ribeirão Pires fica na estrada que segue para Paranapiacaba, uma charmosa e história vila inglesa cercada pela Mata Atlântica.

Brasília, a capital do Distrito Federal movimentada pela política. É um lugar que recebe pessoas de diversos sotaques, uma mistura efervescente de personagens, tem uma arquitetura diferenciada evidenciada pelo céu do cerrado, que dizem ser espetacular.

E quanta coisa há em Belo Horizonte, ou como muitas a chamam, BH. A capital dos sabores dos botecos e que delícia deve ser o happy hour por lá. Tem o Parque da Pampulha, a Praça da Liberdade e próximo da cidade a Serra do Cipó.

E mais adiante está Salvador, a famosa “terra de todos os Santos”. Já desembarcamos no Nordeste e o Sol dá as boas vindas espelhando-se no mar. Os tambores tocam e o coração bate no compasso da alegria.

E que a alegria e a qualidade de vida sejam cada vez mais presentes na vida das cidades turbinadas.

Até a próxima postagem com dicas turbinadas de Belo Horizonte ou BH.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

São Paulo multiturbinada

Há tanto para falar sobre “Sampa”. Ela é assim multi nos variados retratos que expressa seu potencial turbinado. A multiplicidade desta cidade que amo me ensina a valorizar cada vez mais a riqueza que reside na diversidade. A capital de todas as cores e amores, dos contrastes, das estações, da Paulista, dos bairros com diferentes perfis, das zonas sul, leste, oeste, norte e central que se interliga no trânsito de pessoas, veículos, trens, metrô, helicópteros, bikes, motos e nos passos dos moradores e visitantes que por aqui circulam.

São Paulo é puro movimento, mas, ainda assim tem refúgios de tranqüilidade. A loucura da correria que me mescla com a paz de cantos e pessoas. Essa cidade é mesmo intrigante. Assusta e acolhe. É uma majestade regida por elementos conflitantes e harmoniosos. É uma extensa rede que conecta pessoas, negócios, eventos, efervescência cultural, monumentos históricos, problemas gigantes, soluções inovadoras, tecnologia de ponta, avanços e desafios que vão construindo sua história.

São Paulo é potência turbinada de oportunidades. Um celeiro cultural, um point gastronômico de múltiplos sabores, um pólo econômico que gera muitos empregos, parcerias e contatos entre estados e países. São Paulo é uma capital do mundo que abriga povos de distintas nacionalidades que aqui encontraram um lugar para morar. Essa mistura rende outras misturas nutritivas.

Aqui tem poluição sim. Uma frota veicular enlouquecedora. Tem as marginais conectando as regiões com as muitas rodovias por onde chegam e saem veículos transportando uma diversidade gigantesca de produtos. Mas aqui também tem verde no entorno de São Paulo. Temos a Cantareira e o Horto Florestal com espécies da biodiversidade da Mata Atlântica. Um patrimônio. Tem o Ibirapuera, palco de eventos importantes como a Bienal de Artes. Tem o Villa Lobos aqui perto onde vou andar e levar minha filha para brincar. Tem o Parque do Carmo, a Água Branca e outros que nem conheço.

São Paulo é incrível. Sempre tem algo novo para conhecer, descobrir e aprender. Eu poderia escrever tanto sobre a turbinada capital paulista, mas, sinceramente não caberia neste post tamanha é sua grandeza. Tem um trecho de uma poesia de Andrade que diz “quantas tardes numa tarde”, transcrevendo isso para São Paulo definiria bem o que simboliza essa cidade sem igual: “quantas São Paulo numa mesma São PauloFoto: Caio Silveira SP TURIS - Memorial do Imigrante. Visite o site da SPTuris e conheça os diversos roteiros temáticos de São Paulo

Deixo aqui registrado minha homenagem em forma de poesia:

Querida São Paulo
Terra onde milhões de habitantes se misturam, se aproximam,
se cruzam e se distanciam,
moradores, imigrantes, visitantes ...

A cidade pulsa e se transforma,
no raiar da manhã Sampa desperta,
no cair da noite ela dança,
na madrugada não descansa.

Pérola histórica dessa pátria,
pólo econômico e gastronômico,
capital da arte, do cinema e literatura,
das luzes teatrais e musicais.

Nos olhos das esquinas,
no cruzamento das avenidas,
nas vias das marginais,
por cima e por baixo das pontes,
nas linhas do trem e do metrô,
no táxi, no ônibus ou ponte aéreaas,
pessoas se encontram,
os olhares se entrelaçam,
as conversas se abraçam,
minutos, horas ou segundos
despedida, adeus,
chegada e partida,
encontros e desencontros de uma cidade vibrante

Andando nos tortuosos becos das favelas,
na periferia,nas arborizadas ruas dos Jardins,
no famoso bairro do Morumbi,
deparo-me com essa terra dos contrastes,
de um lado a nobreza, logo ali a pobreza.

E assim a “pauliceia” caminha,
cidade de muitas cores e amores,
muitas vezes de horrores, poluição e inundação...
emoção e paixão, tristeza e descrença,
alegria e esperança, melancolia e nostalgia,
morte e vida, noite e dia.

O brilho que resiste em meio ao cinza,
megalópole do momento e movimento,
Sampa acontece, é cultura, é notícia que faz história.
Lírio de um sorriso,
espinhos de lágrimas,
na névoa do teu inverno, na brisa da primavera,
no quente calor do teu verão, no romantismo do outono,
ano a ano, no baile das estações teu esplendor se enaltece,
e aqui deixo minha prece:

-Que na trilha do progresso não desapareça o encanto na melodia do teu canto. Do centro à periferia tu és toda poesia.
Teu retrato é tua gente,vitoriosa é a semente que batalha e procria.
Sua primazia é uma proeza nesse jardim Brasil de imensa riqueza.
Sua majestade São Paulo, declaro aqui, meu amor por ti.

Maria Ivone Neto Mourão

sábado, 10 de outubro de 2009

Osasco, minha cidade

Osasco é uma cidade que tem muita história para contar. Seu desenvolvimento é notável. Pequena em extensão territorial, gigante na economia que se transforma e cresce em sintonia com as tendências do mercado e do país.

Do perfil industrial de anos atrás para um pólo de comércio e serviços que ganha cada vez mais destaque na região oeste do estado de São Paulo, Osasco está no caminho para registrar seu nome e sua característica empreendedora. Com privilegiada localização, cercada do Rodoanel que interliga Rodovias e com fácil acesso para as marginais Tietê e Pinheiros, a cidade tem um fluxo diário turbinado.

Outra marca de Osasco é o seu centro educacional que abriga muitas faculdades e escolas nas quais estudam os moradores da cidade e de ouros municípios vizinhos. A ampliação da Unifieo com seu enorme campus na Vila Yara exemplifica o crescimento do setor. É a geração de conhecimento acompanhando a evolução de Osasco.

Eu poderia escrever muito mais sobre a cidade que me acolheu quando aqui cheguei há 20 anos. Mas, basta dizer que eu a amo.
Aqui encontrei minha felicidade e estou construindo minha trajetória. É aqui meu cotidiano, no bairro que adoro, nas ruas com ipê roxo, com sibipurunas, com tudo próximo e com a proximidade com o núcleo que alimenta meus dias.

Confesso que adoro viajar porque cada viagem é uma oportunidade enriquecedora de aprendizado, mas, a sensação de alegria que sinto ao voltar e encontrar meu lar e meu lugar, é um sentimento daqueles que não há como explicar.
Castelo Branco, Av. Autonomista, Largo de Osasco, Trem e Rodoviária - Imagens clicadas por Mauricio Viel e publicadas no site da Câmara Municipal de Osasco . As imagens da colagem acima, exceto a da turbina, também são de autoria do mesmo fotógrafo. Bela Vista fotografada por Mauricio Viel - bairro que moro e tem um mix de opções, mescla ruas residenciais tranquilas com movimentadas avenidas. É aqui que fica o Esppaço Alpha - um excelento Centro Holístico que desenvolve atividades voltados ao autoconhecimento, equilibrio, qualidade de vida e desenvolvimento integral do ser humano - Yoga, Coaching, PNL, Dança do Ventre, Acupuntura, Cromoterapia, Reiki, Eventos e muito mais